Connect with us

Notícias

Duplicação da Miguel Melhado começa em 15 dias, diz secretário

Artigo

em

A 11 dias do primeiro turno das eleições em 2 de outubro, o governo estadual anunciou na quarta-feira (21) o início da duplicação da Rodovia Miguel Melhado de Campos (SP-324), reivindicação feita pela população da região há mais de 40 anos. O secretário estadual de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, divulgou que as obras começarão dentro de 15 dias, duplicando 3,8 quilômetros entre o Anel Viário José Roberto Magalhães Teixeira e a Rodovia Santos Dumont, com investimentos de R$ 100 milhões. A previsão é de conclusão em dois anos.

Esse trecho tem tráfego intenso, com média de 17 mil veículos ao dia, e é considerado perigoso, com grande ocorrência de acidentes de trânsito, que deixaram cinco vítimas fatais no ano passado. Em 2020, foram três.

LEIA TAMBÉM

De acordo com Machado Neto, o início da duplicação depende apenas da liberação das licenças ambientais pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), que teria se comprometido a fazer a emissão até a próxima segunda-feira. “Se a promessa for cumprida, o início das obras dependerá apenas da assinatura da ordem de serviço, que ocorrerá rapidamente”, disse o secretário.

Segundo ele, o contrato para execução da obra já foi assinado, mas não divulgou o nome da construtora vencedora. O governo estadual lançou o edital de licitação para duplicação e modernização da Miguel Melhado em agosto do ano passado, com o projeto prevendo pistas suspensas para evitar o isolamento de bairros localizados às margens do trecho urbano em Campinas, como o Campo Belo e São Domingos. Para veículos e pedestres, a ligação será feita por passagens em nível.

Com a duplicação, a SP-324 passará a ser uma importante via até o Aeroporto Internacional de Viracopos, o maior em volume de cargas e o segundo em passageiros do País. A estrada permitirá acesso rápido ao interior e à capital ao fazer a ligação com rodovias como Anhanguera, Bandeirantes e Dom Pedro I, que, por sua vez, permite acesso à Via Dutra.

“Vamos torcer para que a duplicação saia finalmente, não fique apenas no papel”, afirma o pastor evangélico Carlos Roberto Ferreira da Costa, que no prazo de um ano perdeu o genro, Tiago Aparecido de Oliveira, e a filha, Grace Kelli Costa de Oliveira, em acidentes na Miguel Melhado. No dia 8 deste mês, o acidente dela completou um ano, enquanto ele faleceu em 2020. O casal deixou dois filhos órfãos, Christian, de 12 anos, e Karoline, de 5, que hoje são criados pelos avós.

Costa cita outros acidentes fatais na rodovia. “Quinze dias após a morte de minha filha, outra mulher morreu aqui. Ela era muito conhecida no bairro. Poucos dias depois, um homem também morreu. A duplicação é importante para salvar vidas”, afirma o pastor. “Já perdi vários amigos em acidentes de moto e de carro nesse local. Ninguém respeita”, afirma a copeira Maria Rita Silva de Santana, moradora no Campo Belo.

As reclamações dos usuários da rodovia são comuns. Veículos cortam a frente de outros para entrar nos acessos da SP-324 ao longo dos bairros. Pedestres atravessam continuamente a via, cruzando as pistas simples e disputando o espaço com carros, caminhões, ônibus e motocicletas. Até pessoas com carrinhos de bebê se arriscam nessa travessia.

“Aqui tem muita batida. Os acidentes são comuns”, diz o borracheiro Cauã Vieira, que trabalha às margens da rodovia. No trecho de 3,8 km a ser duplicado, a rodovia tem 11 lombadas em uma tentativa de forçar a redução da velocidade de veículos e tentar melhorar a segurança.

Os usuários também reclamam do risco de assaltos, sequestros e dos congestionamentos no local. O acidente grave mais recente na Miguel Melhado foi em julho passado, quando três pessoas ficaram gravemente feridas na colisão frontal de dois veículos. A batida ocorreu em trecho onde a ultrapassagem é proibida e a velocidade máxima permitida é de 80 km/h.

Um balanço divulgado pela Polícia Rodoviária mostrou que foram emitidas 7.380 multas por infrações de trânsito nessa rodovia entre janeiro e setembro de 2021. O número foi 1,73 vez maior do que as 4.271 autuações registradas em todo o ano de 2020. A Polícia Rodoviária atribuiu o crescimento à maior fiscalização.

No mês passado, o governo estadual já havia anunciado a construção de uma rotatória de acesso no bairro Capela, em Vinhedo, a SP-324. Porém, a duplicação dos 10,8 km de extensão desse município até o Anel Viário Magalhães Teixeira não tem previsão de quando será feita. A obra dependerá de outra licitação pública a ser lançada futuramente.

Outras rodovias

O secretário estadual de Logística e Transportes esteve quarta-feira (21) em várias cidades para fazer vistorias e entregar obras em rodovias vicinais. Ele cumpriu uma maratona para percorrer quatro municípios das regiões de Campinas e Jundiaí, onde entregou cinco projetos. Entre eles, duas obras em Campinas, na Rodovia Lix da Cunha (SP-073), que liga o município a Salto, cortando Indaiatuba, e na Estrada José Bonifácio Coutinho Nogueira (SP-081), que faz a ligação com Morungaba. Ainda na região, foram entregues as obras da Vicinal Estrada da Boiada, que interliga a SP-075/330 e a SP-332, localizada em Louveira.

Em Jundiaí, foram entregues as obras na marginal do Rio Jundiaí (lado esquerdo), que dá acesso à Várzea Paulista; e a duplicação de um trecho da mesma via de Campo Limpo Paulista a Várzea Paulista.

Já em Monte Mor, Machado Neto vistoriou as obras da Estrada do Rio Acima (MOR 354), via de acesso da cidade até o Aeroporto de Viracopos. A construção está quase concluída, faltando apenas o asfaltamento de 350 metros perto do trecho de acesso à Rodovia Jornalista Francisco Aguirre Proença (SP-101), a Campinas-Monte Mor. Porém, está atrasada 13 anos. A pavimentação estava prevista inicialmente para ser feita em 2009.

Reivindicações

Durante a visita, o secretário de Transportes ouviu reivindicações de autoridades da região. Uma delas é a pavimentação de um trecho de 4 quilômetros entre Viracopos e a Estrada Friburgo, em Campinas. A outra é a extensão do Corredor Metropolitano de Transporte Intermunicipal até Monte Mor – hoje vai até Hortolândia. Machado Neto se dispôs a estudar a viabilidade da obra e ajudar no que for possível para a execução do corredor

Ele esteve ainda em Sumaré, onde fiscalizou as obras na SP-115/330 do Km 0 ao Km 3. Os serviços estão previstos para serem concluídos em março de 2023. O secretário ressaltou que as obras na região fazem parte de um pacote de projetos do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), que incluem 7 mil km de estradas vicinais e 4 mil km de rodovias, com investimentos de R$ 14 bilhões. “Estamos fazendo no Estado de São Paulo o que o governo federal não faz no País todo”, afirmou.

Sem citar nomes, ele criticou o candidato ao Governo do Estado pelo Republicanos, o ex-ministro Tarcísio de Freitas. “Esses dias, encontramos com nossos adversários na saída de uma emissora de rádio. Mostrei para ele um mapa e pedi para mostrarem aonde era o anel viário de São Paulo. Não sabiam”, disse Machado Neto para uma plateia formada por políticos da região. Foi uma referência às críticas de Tarcísio não ser do Estado de São Paulo. Hoje, o secretário visitará cidades próximas de Americana. A maratona de entregas e vistoria segue amanhã, retornando para São Paulo apenas à noite.

Assuntos Relacionados

Compartilhar

Notícias

Funssol promove formatura para 280 participantes dos cursos Tesoura Encantada e Padaria Artesanal

Artigo

em

Por

#PraTodosVerem: Na foto estão os alunos com o prefeito e as autoridades na formatura dos cursos de Geração de Renda do Funssol . Fim da descrição.

Na tarde de quinta-feira (27), o Fundo
Social de Solidariedade (Funssol) reuniu os 280 alunos do Projeto Tesoura
Encantada e Padaria Artesanal,  para a
entrega dos certificados de conclusão. O evento aconteceu no Indaiatuba Clube e
contou com a presença do prefeito Nilson Gaspar (MDB), a presidente do Funssol,
Maria das Graças Araújo Mássimo; a diretora de Atenção Básica, Maria Cristina
Dias; o secretário de Esportes, Marcos Antônio de Moraes; vereadores, Alexandre
Peres, Hélio Ribeiro, Professor Sérgio Teixeira, bem como, a equipe do Fundo
Social. Ao todo, mais de 700 pessoas prestigiaram o evento.

LEIA TAMBÉM

Participaram da formatura 113 alunos
do projeto Padaria Artesanal e 167 do Tesoura Encantada. Neste semestre os
alunos foram divididos em 26 turmas. As novas turmas iniciam no projeto no mês
de agosto. As inscrições aconteceram no dia 24 de junho e foram
disponibilizadas 270 vagas.

Sobre
os projetos                                     

Os projetos têm como objetivo o
aprendizado, aprimoramento de técnicas e habilidades na confecção dos produtos
artesanais, agregando a interação social e geração de renda.

O Projeto Tesoura Encantada é dividido
entre os cursos: Passo a Passo – Iniciação a Costura, Costura Criativa- Peças
Maternidade, Costura Criativa- Artigos Decorativos para o Lar, Costura
Criativa- Peças Maternidade, Patchwork e Corte e Costura de Lingeries. Já os
cursos de Padaria Artesanal estão divididos em: 
Doces e Salgados, Pães e Bolos e Bolos e Doces Confeitados.

#PraTodosVerem:
Na foto
estão os alunos com o prefeito e as autoridades na formatura
dos cursos de Geração de Renda do Funssol . Fim da
descrição.

 

Fonte: Prefeitura de Indaiatuba

Continue lendo

Notícias

Prefeito Nilson Gaspar entrega novo prédio do Conselho Tutelar II

Artigo

em

Por

#PraTodosVerem: Na foto ao centro a placa e de inauguração e do lado esquerdo estão os vereadores Hélio Ribeiro, Adalto Missias e Alexandre Peres. Já no lado direito, o vereador Luiz Alberto Pereira, o prefeito Nilson Gaspar e a secretária de Assistência Social, Viviane Barnabé. Todos no descerramento da placa. Fim da descrição.

Na manhã desta quinta-feira
(27)  a Prefeitura de Indaiatuba realizou
a entrega do novo prédio do
II
Conselho Tutelar, localizado na Avenida Manoel Ruz Perez nº 3365, no  Jardim João Pioli. Na ocasião estiveram
presentes o prefeito, Nilson Gaspar, a secretária de Assistência Social,
Viviane Barnabé;  os conselheiros do
Conselho Tutelar I e II; os vereadores, Adalto Missias, Hélio Ribeiro, Luiz
Alberto Pereira e Alexandre Peres, bem como, outras autoridades do município.

LEIA TAMBÉM

O Conselho Tutelar II,
vinculado à Secretaria de Assistência Social, passa a atender em seu novo
endereço a partir de 1º de julho de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O
objetivo é oferecer um espaço mais adequado para o atendimento da população. O
prédio foi construído pela Prefeitura de Indaiatuba, no Jardim João Pioli,
próximo ao terminal do bairro.

Devido à mudança de local os números
de telefone  (19) 3935-2735 e (19)
3935-2736 estão temporariamente desativados até a religação das linhas no novo
prédio. Neste período, está sendo disponibilizada a linha móvel para o suporte
temporário pelo (19) 9 7129-8648 até que os contatos sejam instalados.

 

Sobre
o Conselho Tutelar II

As obras recém concluídas
contemplam mais de 210 m² de área construída com cinco salas para atendimentos,
uma sala de coordenação/administração, sala para reunião; sala de espera;
cozinha; área de serviço e quatro sanitários acessíveis (dois masculinos e dois
femininos), além de área para depósito. Na área externa o imóvel possui rampa
de acesso para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, e estacionamento
para carros e motos, com demarcação de vagas PNE.

#PraTodosVerem:
Na foto
ao centro a placa e de inauguração e do lado esquerdo estão os vereadores Hélio
Ribeiro, Adalto Missias e Alexandre Peres. Já no lado direito, o vereador Luiz
Alberto Pereira, o prefeito Nilson Gaspar e a secretária de Assistência Social,
Viviane Barnabé. Todos no descerramento da placa. Fim da descrição.

Fonte: Prefeitura de Indaiatuba

Continue lendo

Notícias

Piscinas do Parque da Criança fecham para manutenção a partir de 1º de julho

Artigo

em

Por

Atrações da área molhada serão retomadas no dia 21 de agosto

27/06/2024 14:57h

LEIA TAMBÉM

Foto: arquivo-Eliandro Figueira RIC/PMI

#PraTodosVerem: foto colorida mostra crianças descendo em um toboágua com escorregadores nas cores azul, laranja e verde. No plano da frente, uma piscina azul. Na lateral esquerda, um gramado e uma cerca de alambrado verde, com árvores. Na lateral direita, um gramado e três pessoas subindo a rampa de acesso ao toboágua feita de concreto. Um outro alambrado verde isola a área. Fim da descrição

Atrações aquáticas do Parque da Criança passarão por manutenção no período de inverno

#PraTodosVerem: foto colorida mostra crianças descendo em um toboágua com escorregadores nas cores azul, laranja e verde. No plano da frente, uma piscina azul. Na lateral esquerda, um gramado e uma cerca de alambrado verde, com árvores. Na lateral direita, um gramado e três pessoas subindo a rampa de acesso ao toboágua feita de concreto. Um outro alambrado verde isola a área. Fim da descrição

O Parque da Criança
estará com suas piscinas fechadas para o público a partir do dia 1º de julho. A
Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente, que é responsável pela administração
do sistema de lazer, aproveitará o período de inverno para fazer a manutenção geral
dos equipamentos que compõem as atrações aquáticas. A previsão é de que a área molhada
seja reaberta ao público no dia 21 de agosto. O playground da área seca
funcionará normalmente no período, de quarta-feira a domingo, das 8h às 18h, para
atender as férias escolares.

Além das piscinas, o
Parque da Criança oferece um playground “seco” diferenciado com brinquedos
temáticos feitos de fibra, e uma praça de brincadeiras tradicionais como a
amarelinha, jogos de damas e xadrez. O espaço também conta com quiosques com
mesas e bancos para piquenique e um labirinto verde. A lanchonete fica nessa
área “seca” e é administrada no modelo de concessão.

Para a comodidade dos
visitantes, a Prefeitura disponibiliza um estacionamento gratuito com
capacidade para 100 veículos.

 

  • Redator(es): Sirlene Virgílio Bueno
  • Release N.º: 538

Notícias relacionadas

Fonte: Prefeitura de Indaiatuba

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS

Copyright © 2021 powered by Tribuna de Indaiatuba.