Connect with us

Oportunidade

Líder global fabricante de veículos Toyota, embarca Corolla sedã híbrido flex, o primeiro no mundo a utilizar tecnologia flexfluel, em missão prol etanol na Índia

Artigo

em

toyota - corolla - carros elétricos - preço - produção - motor flex Fábrica Toyota – Imagem Toyota

Toyota será a representante da tecnologia híbrida flex na Índia, a qual já produz em território brasileiro há mais de dois anos

Toyota, a líder global fabricante de veículos, embarcou nesta semana o Corolla sedã híbrido flex – primeiro no mundo a utilizar esta tecnologia e produzido no Brasil, junto à comitiva de lideranças do Governo brasileiro, a UNICA (União da Indústria de Cana-de-Açúcar), da indústria automotiva e de bens de capital nacional, visando construção de agenda integrada para redução de emissões na matriz de transporte veicular na Índia, com ênfase nos biocombustíveis e nos veículos com tecnologia flexfuel, usada no Brasil há quase duas décadas.

LEIA TAMBÉM

Assista o vídeo abaixo e confira o Corolla sedã híbrido flex

Toyota Brasil está sendo representada pelo Roberto Braun, diretor de Assuntos Governamentais e Regulatórios, que tem a missão de mostrar uma das possibilidades mais viáveis em termos de mobilidade sustentável: a tecnologia híbrida flex, fabricada pela Toyota em solo brasileiro nos municípios de Indaiatuba (SP) e Sorocaba (SP), com os modelos Corolla sedã e Corolla Cross, respectivamente, há mais de dois anos. 

De acordo com a montadora, um dos principais alvos da missão será a assinatura de um memorando de entendimento entre os países para cooperação técnica na área de mobilidade sustentável. 

Toyota é líder na eletrificação do mercado automotivo brasileiro

A Toyota se orgulha de seu pioneirismo e liderança na eletrificação do mercado automotivo brasileiro. Desde a chegada do Prius, em 2013, já foram comercializados mais de 50.000 veículos eletrificados da marca. Em 2022, os modelos eletrificados da Toyota representam 56% de todas as vendas desse tipo de automóvel, segundo dados da Anfavea.

Ainda neste ano, a Toyota do Brasil celebra o terceiro aniversário da tecnologia híbrida flex, introduzida de forma inédita no mundo, por meio do lançamento da 12ª geração do Corolla sedã, em setembro de 2019. Desde então, as vendas dos modelos Toyota que oferecem o inédito powertrain ultrapassam as 35 mil unidades até março de 2022.

Esse volume de veículos híbridos flex ajudou a evitar que, aproximadamente, 10.800 toneladas de CO2 fossem emitidas na atmosfera no país. O valor de referência foi extraído do relatório de emissões veiculares do Estado de São Paulo, emitido pela CETESB, que considera o seguinte cenário: porcentagem de consumo de gasolina utilizada pelos proprietários/usuários de veículos flex (que é igual a 40%) e quilometragem média anual percorrida por eles (de cerca de 13.000 km a 14.000 km por ano)

Oportunidade

Urgente! Toyota anuncia nova fábrica em Sorocaba, criando mais de 8 mil vagas de emprego e dobrando a produção de carros na região

Artigo

em

Por

Uma nova fábrica da Toyota em Sorocaba está prestes a ser inaugurada, com o objetivo de dobrar a produção de carros junto à atual fábrica já instalada na cidade. O presidente da Toyota no Brasil, Evandro Maggio, anunciou a novidade nesta quarta-feira (5), destacando que a nova unidade deve gerar milhares de vagas de emprego.

Este investimento significativo reflete o compromisso da Toyota com a expansão de suas operações no Brasil, impulsionando a economia local e criando oportunidades de trabalho na região. Com tecnologias de ponta e práticas de fabricação avançadas, a nova fábrica promete aumentar significativamente a capacidade produtiva da Toyota no país.

Entenda melhor o foco da nova fábrica da Toyota em Sorocaba

Segundo o executivo em entrevista a jornalistas, o projeto da nova fábrica da Toyota em Sorocaba termina em 2026. A multinacional, basicamente, visa espelhar a planta. Em números atuais, a fábrica na cidade possui capacidade para produzir 175 mil veículos por ano. Na cidade, a empresa produz carros de modelo utilitário esportivo Corolla Cross, incluindo a versão híbrida flex, além do hatch Yaris.

— ARTIGO CONTINUA ABAIXO —


Veja também

A nova fábrica da Toyota em Sorocaba, promete gerar 8 mil vagas de empregos na Toyota, na realidade é uma transferência, sendo a unidade de Indaiatuba, que será fechada e transferida para Sorocaba.

O fechamento da unidade em Indaiatuba gerou manifesto por parte dos trabalhadores da unidade, assim como do sindicato da categoria. A unidade de Indaiatuba, ou Indaiá, como é chamada, produz 76 mil veículos por ano.

Com a mudança, a nova fábrica da Toyota em Sorocaba promete gerar cerca de 8 mil vagas de emprego e as contratações por meio da plataforma de seleção própria da Toyota, deve se iniciar já no segundo semestre de 2025. Isso acontece porque a nova fábrica deve entrar em operação no primeiro semestre de 2026, quando ocorre o encerramento gradual da unidade de Indaiatuba.

Nova fábrica da Toyota em Sorocaba recebe investimentos bilionários

A Toyota anunciou no começo de março plano de investimentos de 11 bilhões de reais no Brasil até 2030. Maggio afirmou que dos 11 bilhões do plano de investimento da marca, cerca de R$ 5 bilhões serão usados na expansão da nova fábrica da Toyota em Sorocaba e transferência das operações de Indaiatuba para o complexo, além do lançamento de dois carros, sendo um compacto híbrido em 2025 e um outro veículo que virá depois que a fábrica ampliada ficar pronta em 2026.

Vale mencionar que em 2020,  a empresa tomou a mesma decisão com a unidade de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, encerrou a unidade em setembro de 2021 e mudou as operações desta planta para Sorocaba.

Basicamente todos os setores da unidade do ABC mudaram para Sorocaba, como as áreas de marketing, recursos humanos, comercial, compras, jurídica e financeira. A área construída da unidade era de 6,2 mil metros quadrados. Já o complexo que abrigava essas áreas no ABC foi vendido.

Toyota venderá unidade antiga?

Questionado sobre publicações da imprensa local em relação à eventual venda da unidade em Indaiatuba para montadoras chinesas, Maggio afirmou que não é o foco da companhia no momento, mas reconheceu que a tendência é a montadora se desfazer da unidade.

Não seria a primeira vez que um grupo asiático ficaria com uma fábrica de veículos de uma montadora estabelecida no Brasil. A Ford vendeu sua fábrica em Camaçari (BA) para a BYD e a Mercedes-Benz vendeu uma fábrica no interior de SP para a também chinesa GWM.

A fábrica da Toyota no ABC era a mais antiga do Brasil, fora do Japão, a montadora se instalou na cidade em 1962, onde produzia o icônico utilitário bandeirante, fabricado até 2001, com um pouco mais de 103 mil unidades fabricadas.

Continue lendo

Oportunidade

Gigante chinesa Neta Auto planeja fábrica própria no Brasil para produção de carros elétricos

Artigo

em

Por

A fabricante chinesa Neta Auto está expandindo seus horizontes e, a partir do início do segundo semestre, desembarca no Brasil com a promessa de revolucionar o mercado automotivo com três novos modelos de carros elétricos. A empresa segue os passos de outras gigantes chinesas, como BYD e GWM, ao anunciar não apenas a entrada no mercado brasileiro, mas também a intenção de estabelecer uma fábrica no país até 2026.

Expansão internacional e foco da Neta Auto no Brasil

A Neta Auto não é novata em mercados internacionais.

LEIA TAMBÉM

Com fábricas já operando na China, Tailândia e Indonésia, a empresa agora volta seus olhos para a América Latina.

— ARTIGO CONTINUA ABAIXO —


Veja também

Brasil, México e Malásia são os próximos destinos escolhidos para novas plantas fabris.

No caso do Brasil, a Neta Auto considera fortemente a aquisição da fábrica da Toyota em Indaiatuba (SP), que encerrará suas atividades até o final de 2025.

Este local já dispõe de uma infraestrutura robusta, com 1,5 milhão de metros quadrados, facilitando a transição para a produção de veículos elétricos.

Estratégia para comprar fábrica da Toyota no Brasil

Henrique Sampaio, diretor de Marketing e Produto da Neta no Brasil, enfatiza a vantagem estratégica de adquirir uma fábrica já existente.

Construir uma planta do zero em menos de dois anos é inviável. Ter uma fábrica pronta economiza tempo e investimentos.

“Faz sentido [do ponto de vista estratégico] uma fábrica no estado de São Paulo e que já esteja pronta. Portanto, existe esse estudo [sobre a possível compra de Indaiatuba]”, afirmou Henrique.

Inicialmente, a operação seguirá o regime Completely Knocked Down (CKD), onde os carros são montados a partir de peças importadas.

No entanto, a fábrica necessitará de adaptações para acomodar a produção de veículos elétricos, que requerem linhas de montagem específicas e infraestrutura para baterias de alta capacidade.

Neta Auto planeja rede de concessionárias e centro de distribuição

Enquanto a definição do local da fábrica não se concretiza, a Neta Auto já se mobiliza para estabelecer sua rede de concessionárias e um centro de distribuição de peças em São Paulo.

As vendas dos primeiros modelos importados estão previstas para começar em 2024.

Para Wilson Sun, presidente da Neta Auto e vice-presidente executivo do departamento de negócios internacionais, “o Brasil é muito importante para o mercado de carros elétricos. Portanto, terá um centro de distribuição de peça e oficinas especializadas por aqui. Neste início de operação será em São Paulo. Já a fábrica precisa estar em um local que atenda as demandas logísticas de mercado da marca”.

Fábrica de carros elétricos no Brasil será estratégica para a gigante chinesa

A fábrica brasileira terá um papel estratégico, não apenas para o mercado local, mas também para outros países da América do Sul.

A Neta Auto planeja uma grande ofensiva na região, com o Chile sendo um dos primeiros a receber os lançamentos da marca no segundo semestre de 2024.

Com isso, a produção local permitirá à Neta Auto oferecer veículos com preços mais competitivos e adaptar os modelos às necessidades específicas dos consumidores sul-americanos.

A transição para a produção de carros elétricos em Indaiatuba representará um desafio significativo.

Apesar de a fábrica já possuir alguma preparação para veículos eletrificados, como a produção do Corolla híbrido flex, a adaptação para carros totalmente elétricos demandará investimentos substanciais.

Além disso, a infraestrutura existente precisará ser modernizada para suportar a montagem de baterias robustas e outros componentes específicos dos veículos elétricos.

A chegada da Neta Auto ao Brasil marca um novo capítulo no mercado automotivo nacional, especialmente no segmento de carros elétricos.

Com planos ambiciosos de lançar três modelos ainda este ano e iniciar a produção local em 2026, a empresa demonstra confiança no potencial do mercado brasileiro e sul-americano.

A aquisição da fábrica de Indaiatuba, se concretizada, será um passo crucial para estabelecer a Neta Auto como um player relevante na indústria automotiva da região.

A combinação de veículos inovadores, infraestrutura de produção local e uma rede de distribuição robusta posiciona a Neta Auto como uma força emergente no mercado de carros elétricos no Brasil e além.

Conheça os modelos de carros elétricos da Neta Auto

Fonte: Motor1

Com informações do Auto Esporte.

Continue lendo

Oportunidade

Gigante no setor de equipamentos agrícolas, a John Deere possui vagas de emprego abertas no Brasil e no exterior

Artigo

em

Por

Nesta segunda-feira, (06/05), a John Deere, líder mundial no fornecimento de produtos, tecnologia e serviços avançados para o agro, está com diversas vagas de emprego disponíveis. Os cargos estão distribuídos no Brasil e em diversos países. Em território nacional, as oportunidades são destinadas a candidatos com experiência prévia na função.

Conheça as vagas de emprego disponíveis na multinacional

Desenvolvedor de Software Embarcado PL (Tratores/Plantadeiras)

LEIA TAMBÉM

Requisitos: Graduação completa em Ciências da Computação, Engenharia de Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia Agrícola ou outras áreas correlatas, inglês avançado.

— ARTIGO CONTINUA ABAIXO —


Veja também

Disponibilidade para viagens, atuação em modelo híbrido na região de Campinas/SP e a partir de novembro/2024 em Indaiatuba/SP.

Local da vaga de emprego: Campinas, São Paulo.

Engenheiro de Validação Powertrain PL (PV&V)

Requisitos: Ensino superior completo em Engenharia da Computação, Tecnologia da Informação, Gestão de TI ou áreas correlatas, inglês avançado.

Experiência conduzindo processos e metodologias/ferramentas de desenvolvimento ágil (Scrum) e com gerenciamento de projetos de TI.

Local da vaga de emprego: Indaiatuba, São Paulo.

Consultor SAP PL (FI-AA)

Requisitos: Graduação completa em Sistemas de Informação, Ciências da Computação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas ou áreas correlatas, inglês fluente ou avançado. Experiência em aplicações SAP FI, aplicações SAP FI-AA, aplicações web de grande escala e teste/ajuste de desempenho.

Além de habilidade para trabalhar em equipes multidisciplinares em ambientes globalizados.

Local da vaga de emprego: Indaiatuba, São Paulo.

Engenheiro DevOps SR — SG8

Requisitos: Licenciatura em Tecnologia da Informação, Ciência da Computação, Engenharia da Computação ou áreas afins, inglês avançado ou fluente.

Experiência com diversas ferramentas DevOps (Drone, Github, Github Actions, Azure DevOps, Docker, Terraform, Puppet, Black Duck, Artifactory, Sonar, Linting Tools).

Local da vaga de emprego: Indaiatuba, São Paulo.

Desenvolvedor Fullstack

Requisitos: Experiência trabalhando em tecnologias de UI como ReactJS e CSS. Habilidades em tecnologias de desenvolvimento como DevOps (CI/CD), REST API, AWS (ECS+Fargate, Lamdba, Application Load balancer, API Gateway, SQS, SNS, EKS, Ec2, s3 etc.), Shell Scripting, Terrform.

Vivência com Metodologias Ágeis e SCRUM, habilidade em projetar e implementar padrões de design apropriados, arquitetura de microsserviços, arquitetura de micro frontend e arquitetura orientada a eventos.

Local da vaga de emprego: Indaiatuba, São Paulo.

John Deere possui oportunidades abertas no exterior, confira:

Contador Sênior de Viagens e Despesas com Alemão

Requisitos: Habilidades comunicativas em inglês e alemão, experiência relevante como Especialista em T&E, boa organização do tempo de trabalho, alta capacidade de comunicação e trabalho em equipe.

Licenciatura em Finanças/Contabilidade ou similar. Experiência SAP Concur, no uso comercial do MS Excel, habilidades analíticas e afinidade com números.

Local da vaga de emprego: Poznań, Wielkopolskie, Polônia.

Consultor SAP CO Sênior

Requisitos: Mais de 5 anos de experiência em áreas de Controladoria SAP, incluindo Contabilidade de Elementos de Custo (CEA), Contabilidade de Centro de Custo (CCA), Contabilidade de Centro de Lucro (PCA), Controladoria de Custos de Produto (PCC), Análise de Lucratividade (CO-PA).

Conhecimento sobre configuração de CO em ECC e S/4 (é bom ter), experiência em: integração CO & MM e integração CO & SD, com diferentes tipos de interfaces (SAP IDOCs, etc.), validações e substituições de CO.

Lugar da vaga de emprego: Poznan, Wielkopolskie, Polônia.

Engenheiro de Sistemas de Software de Veículos da Equipe

Requisitos: Bacharelado em Engenharia Elétrica ou área relacionada, mais 7 anos de experiência relacionada. Habilidades exigidas: Experiência de trabalho com software de controlador embarcado em equipamentos agrícolas (5 anos).

Vivência técnica relacionada ao projeto/diagnóstico/solução de problemas de subsistemas elétricos e de software ou tecnologia Precision Ag (7 anos).

Local da vaga de emprego: East Moline, Illinois, Estados Unidos.

Engenheiro de Licenciatura em Informática, Tecnologias de Informação e carreiras afins;

Requisitos: Inglês avançado ou fluente, experiência em TI, incluindo operação de dispositivos de redes e/ou tecnologias de segurança de rede.

Ter trabalhado com infraestrutura de rede Cisco (switches e pontos de acesso, compreensão básica de tecnologias de rede local, DNS, DHCP, firewalls e sensores de segurança cibernética.

Local da vaga de emprego: Moline, Estados Unidos.

As inscrições para concorrer as oportunidades da John Deere podem ser realizadas clicando aqui.

A história John Deere no Brasil

Fonte: Veículos e Histórias

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS

Copyright © 2021 powered by Tribuna de Indaiatuba.