Connect with us

Notícias

Prefeitura promove evento de Lançamento da Fauna e Flora do Parque Ecológico neste sábado (30)

Artigo

em

  • Publicação: 28/04/2022 09:47h
  • Redator(es): Sirlene Virgílio Bueno
  • Release N.º: 402

Exposição
será montada no Parque da Criança e terá atrações para as famílias

 

A Prefeitura de Indaiatuba preparou mais um
evento para marcar as comemorações dos 30 anos do Parque Ecológico. Trata-se do
lançamento do diagnóstico da Fauna e Flora do Parque Ecológico, que será
realizado neste sábado (30), no estacionamento do Parque da Criança. A
programação terá início às 9h e se estenderá até as 15h30, com uma exposição de
serviços do Meio Ambiente e atrações variadas para as famílias. Na abertura, o
prefeito Nilson Gaspar fará a apresentação dos totens instalados no espaço, com
informações sobre a vegetação e as espécies de animais que habitam o principal
cartão postal de Indaiatuba.

Na programação da manhã, também haverá soltura
de balões biodegradáveis com sementes de espécies nativas, soltura de peixes no
lago e plantio de 50 mudas de árvores de espécies do bioma Mata Atlântica, nas
margens do córrego Barnabé.

A fazendinha com mini animais está entre as
principais atrações da exposição. Nela, as crianças poderão se divertir com
pôneis, charrete trole e até dar uma voltinha pelo Parque Ecológico a bordo de
uma carreta conduzida por trator.

A Associação Mata Ciliar, que é parceira do
município no serviço de resgate e reabilitação de animais silvestres, levará
para o espaço animais taxidermizados, exposição de sementes e jogos ambientais,
amarelinha e adivinhação.

Na programação do Lançamento da Fauna e Flora
do Parque ainda estão oficinas de plantio de sementes e doação de suculentas e
mudas de temperos, atividades com escoteiros e palestras com a Defesa Civil
sobre Queimadas. A Guarda Civil organizará apresentação dos cães do Canil.

A Secretaria de Serviços Urbanos e Meio
Ambiente levará para a exposição uma amostra de todos os trabalhos
desenvolvidos pela pasta. No estande do Click Árvore os visitantes poderão
retirar mudas de árvores e hortaliças. O Centro de Reabilitação Animal
disponibilizará animais para a adoção e, também, o cadastramento para os
interessados no serviço de castração de cães e gatos, que é oferecido
gratui9tamente pelo município.

O evento ainda contará com a Carreta Ecológica
da Corpus, com uma exposição interativa voltada ao trabalho de reciclagem; a
Van Laboratório do Saae (Serviços Autônomo de Água e Esgotos) que faz a
testagem da qualidade da água; o Projeto Biodiesel Urbano, com a mini usina, e
a divulgação do trabalho da Operação Cata Bagulho.

A Secretaria da Saúde montará um
Posto de Vacinação no evento para a vacina contra gripe e sarampo. No
público-alvo da vacinação contra gripe estão idosos a partir de 60 anos,
profissionais de saúde, grávidas e puérperas (mulheres que fizeram o parto há,
no máximo, 45 dias), crianças de 6 meses a 4 anos e 11 meses de idade. A vacina
contra sarampo será destinada somente às crianças entre 6 meses e 4 anos e 11
meses de idade, e profissionais de saúde.

Os conselhos municipais do Meio Ambiente
(Comdema) e de Proteção e Defesa Animal (Compda) e a Fiec (Fundação
Indaiatubana de Educação e Cultura) são parceiros da Prefeitura no projeto.

 

Fauna
e Flora

O secretário de Serviços Urbanos e Meio
Ambiente, Guilherme Magnusson, explicou que o laudo de caracterização da fauna silvestre
e da flora do Parque Ecológico de Indaiatuba foi elaborado por uma empresa especializada,
com o objetivo de identificar as espécies e os grupos da fauna que ocorrem no Parque
e, a importância da sua preservação. “Esse diagnóstico que estamos preparando
vai nos ajudar a cuidar melhor desse espaço, que é muito mais que um cartão
postal da cidade, e nos orientar no desenvolvimento de ações com foco na
preservação das espécies que nele habitam e, também, nos ajudar a aumentar a
fauna e diversificar, ainda mais, a sua flora”, ressaltou.

O diagnóstico de fauna silvestre do Parque
Ecológico registrou 85 espécies de vertebrados, sendo três anfíbios, três
répteis, 76 aves e três mamíferos. Isto corresponde a aproximadamente 23,4% do
potencial de fauna regional. Entre as espécies encontradas estão o tatu-galinha,
o gambá-de-orelha-branca e a capivara, o sapo-cururu,
teiú
, rã-manteiga e a tartaruga-de-orelha-vermelha. Entre as aves estão o
joão-de-barro; bentevizinho-de-penacho-vermelho; pica-pau-verde-barrado;
pica-pau-do-campo; carcará; quiriquiri; periquito-de-encontro-amarelo e
periquitão.

De maneira geral, o estudo constatou que a
fauna do Parque é composta por espécies de baixa sensibilidade a alterações
ambientais, sendo que espécies mais exigentes desapareceram do local, já que as
paisagens do parque não permitem tal ocupação, uma vez que o mesmo se encontra
inserido totalmente no meio urbano.

Com relação à vegetação, o Parque Ecológico
de Indaiatuba é composto por dois maciços de Mata Atlântica, fragmentos de
vegetação nativa secundária em estágio médio de regeneração nível médio
bastante antropizados e com baixa diversidade de espécies, indivíduos arbóreos
nativos e exóticos plantados, um remanescente de eucaliptos e a área
encontra-se gramada nos pontos sem árvores. Há alta infestação de Leucenas,
espécie exótica e invasora.

No Parque em questão há a incidência do
Córrego do Barnabé, e sua Área de Preservação Permanente (APP) é revegetada por
indivíduos arbóreos.

As espécies mais encontradas, em diversas
quantidades, por toda área contínua do Parque foram: ipês rosa, amarelo e roxo;
manacá da serra; quaresmeira; primavera; flamboyants; palmeira real; palmeira imperial;
palmeira bismarckia; fícus; mangueira; pitangueira; cerejeira; pinheiro; eucalipto;
pata de vaca; chapeu de praia; pau formiga; sibipiruna; guapuruvu; santa bárbara;
oiti; paineira; jequitibá; leucina; canafístula; sibipiruna; mirindiba;
pau-ferro; areca de locuba; orelha de negro e araucária.

O estudo foi elaborado pela empresa Yansen Geoprocessamento
e Meio Ambiente e na próxima semana serão disponibilizados para consulta no
site da Prefeitura, na página da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente.

 

Cronograma
evento Fauna e Flora

09h – abertura do evento

09h30 – apresentação do totem da Fauna e
Flora

10h – soltura de balões biodegradáveis com
sementes

10h30 – soltura de peixes

11h30 – plantio de árvores

14h – Oficina de Suculentas

15h30 – enceramento

 

Serviço

Lançamento Fauna e Flora do Parque Ecológico

Dia: 30 de abril

Horário: das 9h às 15h30

Local: estacionamento do Parque da Criança
(avenida Eng. Fábio Roberto Barnabé, altura do número 3.379, Jardim do Vale)

Notícias relacionadas

PUBLICIDADE

Notícias

Secretaria de Assistência Social disponibiliza telefone temporário do Conselho Tutelar II

Artigo

em

Por

Telefones fixos estarão inativos até a religação de linha na nova unidade

25/06/2024 08:39h

LEIA TAMBÉM

Foto: Eliandro Figueira RIC/PMI

Na foto a pista e de fundo o novo prédio do Conselho Tutelar II . Fim da descrição.

Novo prédio do Conselho Tutelar II que passará a receber atendimentos a partir de julho.

#PraTodosVerem: Na foto a pista e de fundo o novo prédio do Conselho Tutelar II . Fim da descrição.

A Secretaria
de Assistência Social informa que  devido
à mudança de local do Conselho Tutelar II, vinculado à pasta, os números de
telefone  (19) 3935-2735 e (19) 3935-2736
estão temporariamente desativados até a religação das linhas no novo prédio,
localizado na Avenida Manoel Ruz Perez nº 3365 – Jardim João Pioli (Próximo ao
terminal do bairro). A Prefeitura fará a entrega da unidade na próxima
quinta-feira (27), porém os atendimentos passam a acontecer a partir do dia 1º
de julho. Neste período, está sendo disponibilizada a linha móvel para o suporte
temporário pelo (19) 9 7129-8648 até que os contatos sejam instalados.

A mudança
para a unidade está sendo realizada pela equipe da Secretaria de Assistência
Social e o horário de atendimento continua o mesmo, de segunda a sexta-feira,
das 8h às 17h. O antigo prédio, localizado na Rua Zephiro Puccinelli, S/N será
desativado.

 

  • Redator(es): Alyne Cervo
  • Release N.º: 520

Notícias relacionadas

Fonte: Prefeitura de Indaiatuba

Continue lendo

Notícias

Mostra infantil gratuita Cine Pipoquinha acontece de 22 a 26 de julho

Artigo

em

Por

#PraTodosVerem: Ao fundo uma criança rindo e pipocas que remetem a sala de cinema e informações do evento. Fim de descrição.

Indaiatuba recebe de 22 a 26 de julho a mostra Cine
Pipoquinha com a finalidade de proporcionar uma experiência cinematográfica com
uma seleção de filmes infantis. O evento é realizado pelo  Ministério da Cultura e Governo Federal  por meio da Lei de Incentivo Paulo Gustavo e
conta com o apoio da Prefeitura de Indaiatuba, por meio da Secretaria Municipal
de Cultura. Todas as sessões acontecerão de maneira gratuita a partir das 14h.

LEIA TAMBÉM

A retirada dos ingressos acontece por ordem de
chegada, nos dias das exibições, no Topazio Cinemas do Polo Shopping, a partir
das 13h. Esta mostra infantil visa inspirar e estimular a imaginação das
crianças a fim de oferecer um ambiente acolhedor e seguro para que elas se
envolvam com narrativas cativantes e personagens inesquecíveis.

Programação
completa

22/07 – Elementos

23/07- O imaginário mundo de Sofia e Pudim

23/07-  Sobre
amizades e bicicletas

24/07 – A pequena sereia

25/07- O menino e o mundo

26/07- Turma da Mônica Lições

 

 Sobre o Cine Pipoquinha

O Cine Pipoquinha é uma mostra de cinema infantil
gratuita, selecionado pela Secretaria de Municipal de Cultura de Indaiatuba, através
do edital Lei Paulo Gustavo 05/2023, que visa promover o acesso à cultura e
entretenimento. Com uma seleção de filmes cuidadosamente escolhidos, o evento
proporciona momentos de diversão e aprendizado para toda a família.

 

Serviço

Cine Pipoquinha

Data:  22 a 26 de
julho.

Horário: 14h.

Local:  Topázio
Cinemas (Polo Shopping) – Alameda Filtros Mann, 670 – Jardim Tropical,
Indaiatuba.

Retirada dos ingressos por ordem de chegada a
partir das 13h.

Fonte: Prefeitura de Indaiatuba

Continue lendo

Notícias

Saae registra o outono mais seco desde o ano 2.000

Artigo

em

Por

#PraTodosVerem: A imagem mostra em plano fechado uma mão sob uma torneira. Há uma gota caindo da torneira. O fundo é cinza escuro. Fim da descrição.

outono em Indaiatuba já foi embora e teve cara de
verão – pelo menos nos termômetros. No período entre 20 de março e 21 de junho
foram raros os dias em que as temperaturas não bateram os 25°C, superando até os
30°C nas semanas mais calorosas.

LEIA TAMBÉM

 

Quando o assunto são as chuvas, o outono inaugura o
período de estiagem, com longas sequências de dias sem chuvas que se estendem até
o final do inverno. Em 2024 foi registrado o outono mais seco em Indaiatuba desde
1988, ano em que se iniciaram os registros pluviométricos. Foram 158,8mm de
precipitação, 36mm a menos que o outono mais seco até então, no ano 2000. Apesar
do cenário de alerta, o consumo de água entre março e junho de 2024 cresceu 10%
em comparação ao mesmo período de 2023.

 

Para os meses de inverno estão previstas poucas
chuvas, dando sequência ao período de estiagem. Nessa realidade, a economia de
água se faz ainda mais importante. Algumas ações podem ser adotadas por todos
como:

 

– Utilize a máquina de lavar de forma consciente: em sua capacidade máxima ou não, a máquina de
lavar roupas sempre utiliza a mesma quantidade de água. Importante acumular o
máximo de peças possíveis em cada lavagem.

– Reutilize a água da máquina: essa água costuma ser descartada pelo ralo, mas
possui apenas resíduos de sabão, podendo ser reutilizada para lavar pisos,
garagem, quintal, entre outros.

– Utilize vassoura para limpar a calçada: o fluxo de água da mangueira pode atingir centenas
de litros em apenas alguns minutos. Por isso, é interessante substituí-la pela
vassoura e, se for necessário o uso de água, reutilizar da máquina de lavar
roupas.

– Verifique possíveis vazamentos: fugas de água na tubulação, sanitários ou torneiras
podem não dar sinais visíveis, mas são suficientes para desperdiçar grandes
quantidades de água. Se sua conta está crescendo nos últimos meses e você
suspeita que seu imóvel esteja sofrendo com esse tipo de problema, busque ajuda
de um profissional.

– Cuidado com o tempo de banho: 15 minutos de chuveiro ligado podem gastar até 135L
de água. Em uma casa com quatro moradores, são quase 550L por dia.

 

A utilização consciente da água é uma
responsabilidade de todos, principalmente em períodos de estiagem. 

Fonte: Prefeitura de Indaiatuba

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS

Copyright © 2021 powered by Tribuna de Indaiatuba.