Connect with us

Mundo Animal

Após um ano de buscas, cachorra desaparecida é encontrada com filhotes

Artigo

em

No verão passado, uma Kota Bean uma cachorra da raça labrador fugiu de seu quintal depois que uma tempestade danificou a cerca elétrica. Kota era conhecida por romper barreiras sempre que podia, mas essa fuga foi diferente. “Kota sempre foi uma artista da fuga. Já passamos por inúmeros caixotes, canis, gaiolas e todos os tipos de formas de contê-la durante as pouquíssimas horas em que precisávamos contê-la”, escreveu Kellie Deck Tuten, tutora do cachorro, no Facebook.

Sempre que o cachorro escapava, ela nunca se afastava muito de casa. Se seus tutores não conseguissem encontrá-la naquele dia, ela sempre voltava por conta própria mais tarde. Mas o dia rapidamente se transformou em noite, e eles não encontraram Kota em lugar algum.

LEIA TAMBÉM

A família entrou em ação imediatamente para espalhar a notícia sobre o cachorro desaparecido, distribuindo panfletos e ligando para todos os abrigos de animais próximos. Eles esgotaram todos os meios para tentar encontrá-la e, quando completaram um ano sem nenhum sinal de sua cachorrinha, eles estavam quase desistindo.

‘Eu sabia que era ela’

Até que, um ano depois do desaparecimento, eles encontraram um rosto familiar no site do abrigo animal Bibb County. “Eles o compartilharam com uma localização geral na descrição, e foi quando eu a vi”, escreveu Kellie. “Eu sabia que era ela.” A tutora reconheceu a área e entrou em contato com um amigo que morava nas proximidades.

O amigo de Kellie confirmou ter visto Kota e a alertou a cada novo avistamento. Ela sempre corria para lá, mas Kota já havia desaparecido quando ela chegava. Então, ela ouviu de outro ajudante que parecia ter mais respostas sobre o paradeiro de Kota desde sua fuga.

“Lisa Wood alimentava minha cachorra duas vezes por dia, acolheu seus filhotes (não uma, mas duas ninhadas) e encontrou lares adotivos para todos eles”, escreveu Kellie. Lisa tinha visto Kota recentemente, mas não tinha ideia de onde estava sua última ninhada de filhotes.

Após um ano de buscas, cachorra desaparecida é encontrada com filhotes
Foto: Kellie Deck Tuten

Por isso, ela uniu forças com os Tutens para encontrar os bebês de Kota e finalmente levar sua cachorrinha, há muito perdido para casa. Kota se esquivou da maioria dos esforços, mas Lisa acabou conseguindo aproximá-la o suficiente para colocar uma coleira com um rastreador GPS nela. Em seguida, a equipe a seguiu até a localização exata dos filhotes.

Mas eles ainda estavam longe do alcance. “Kota correu até um cano de esgoto, farejou e, em seguida, correu alguns metros para trás e se deitou”, escreveu Kellie. “Tínhamos certeza de que os filhotes estavam lá… mas não conseguíamos ouvi-los ou vê-los.”

Leia também:

Com a ajuda dos amigos Amy Beth Wall e Sean Wall, a equipe acabou abrindo o túnel na tentativa de alcançar melhor a pequena família. Depois de horas de escavação, eles finalmente retiraram quatro filhotes de cachorro gordinhos do cano de esgoto. Os Tutens ficaram felizes em ter os bebês nos braços, mas Kota ainda estava muito assustada para se juntar a eles. “Foi só na noite seguinte que conseguimos fazer com que Kota entrasse no carro conosco e com os filhotes e voltasse para casa”, escreveu a tutora.

Hoje, Kota e seus filhotes estão de volta à casa de Tuten e estão prosperando. Enquanto os filhotes se adaptaram rápido, Kota ainda está se acostumando a uma nova vida em casa. “Ela ainda está se acostumando conosco”, disse Kellie ao The Dodo. “Ela não tem muito interesse em entrar em casa, o que é uma grande mudança em relação a antes. Mas ela vem nos cumprimentar quando vamos nos sentar no quintal.”

Após um ano de buscas, cachorra desaparecida é encontrada com filhotes
Foto: Kellie Deck Tuten

Kota gosta de receber carinho na cabeça de seus humanos, mas ela ainda está se recuperando de seu assustador ano sozinha nas ruas. “Ela também não parece interessada em seus brinquedos antigos nem em nada”, disse Kellie. “Tem sido difícil para nós porque parece que ela está infeliz aqui, mas acho que é mais porque ela ainda está traumatizada por ter que lutar para ficar segura.”

A família de Kota está levando as coisas no ritmo dela e espera ansiosamente pelo dia em que sua Kota Bean se sinta confortável em casa novamente. Até lá, eles continuam gratos por sua preciosa cachorrinha estar de volta ao seu lugar.

Fonte: Tribuna de Jundiaí

Mundo Animal

Cachorro faz surpresa de Dia das Namorados para cãopanheira

Artigo

em

Por

Este é Pipoy – um gato bonito que, por algum motivo, nunca foi um felino muito falante. Em casa com sua tutora, Ladeen Lacambra, Pipoy não dá um pio sequer. “Ele tem um ano de idade. Desde que o temos, não o ouvimos emitir nenhum som”, disse Ladeen ao The Dodo. Apesar de ser um gato quieto, Pipoy está longe…

Fonte: Tribuna de Jundiaí

LEIA TAMBÉM

Continue lendo

Mundo Animal

Mata Ciliar de Jundiaí recebe dois cachorros-do-mato em dois dias

Artigo

em

Por

A Mata Ciliar de Jundiaí destaca o aumento do número de animais silvestres em áreas urbanas, como o recente caso de cachorros-do-mato em Valinhos e Itatiba. Em apenas dois dias, a Cras recebeu dois filhotes de cachorro-do-mato em situações distintas.

De acordo com a associação, o primeiro estava preso dentro de uma empresa em Valinhos. Após avaliação da equipe, ele não apresentava alterações clínicas ou comportamentais e foi imediatamente solto de volta à natureza.

LEIA TAMBÉM
Cachorro-do-mato resgatado dentro de caixa de transporte
Foto: Mata Ciliar de Jundiaí

O segundo cachorro-do-mato, encontrado debilitado em via pública de Itatiba, tinha cinomose canina, uma doença grave que o impossibilitava de se alimentar ou se levantar. Infelizmente, o animal não resistiu e faleceu.

De acordo com a Mata Ciliar, a instituição já recebeu dez cachorros-do-mato neste ano, todos vítimas da perda de seus habitats naturais. Essa perda leva os animais a buscarem refúgio em áreas urbanas, onde se deparam com diversos perigos, como atropelamentos, contato com doenças de animais domésticos, armadilhas, ingestão de lixo e desorientação.

As cidades de Valinhos e Itatiba têm uma parceria com a Mata Ciliar de Jundiaí, para resgate, reabilitação e soltura de animais silvestres.

Leia também:

Mata Ciliar de Jundiaí

A Associação Mata Ciliar de Jundiaí é uma entidade sem fins lucrativos declarada de Utilidade Pública Federal e que desde 1987 desenvolve diversas ações para a conservação da biodiversidade.

Assim, durante esse período, a associação enfrentou diversos desafios e alcançou conquistas em parceria com instituições privadas, poder público e com a sociedade.

Fonte: Tribuna de Jundiaí

Continue lendo

Mundo Animal

Filhotes abandonados em colchão velho nunca saíram do lado um do outro

Artigo

em

Por

Um homem passeava com seu cachorro quando se deparou com algo que o fez parar. Em uma pilha de colchões velhos no lixo, ele viu algo se movendo. Quando chegou mais perto, percebeu o que estava vendo – uma ninhada de seis filhotes de cachorro abandonados, deixados à própria sorte.

Foto: Reprodução/Silverstray Social/The Dodo

Assim que percebeu o que estava acontecendo, ele ligou para a ONG de resgate animal Silverstray Social. Era a noite de uma sexta-feira e a equipe não esperava mais chamadas de resgate. Mas assim que souberam dos filhotes jogados, entraram em ação.

LEIA TAMBÉM

Enquanto Layce, uma voluntária da ONG, estava a caminho, o homem que havia encontrado os filhotes os colocou em um canil improvisado. Assim que Layce chegou, ela viu que os cachorros estavam extremamente magros – estavam morrendo de fome. Com base em seu tamanho, os protetores presumiram que eles não poderiam ter mais de dois meses de idade.

Foto: Reprodução/Silverstray Social/The Dodo

Mas, quando tiveram a chance de avaliá-los completamente, a equipe teve uma grande surpresa sobre a idade que eles realmente tinham. “O que todo mundo achava que eram filhotes de 6 a 8 semanas de idade, acabaram sendo filhotes de 6 meses de idade… Isso é o quanto eles estavam desnutridos”, disse Kelly Carey, fundadora da Silverstray Social, ao The Dodo.

Foto: Reprodução/Silverstray Social/The Dodo

Nova luz em seus olhos

Assim, Kelly entrou em contato com diferentes organizações parceiras com as quais trabalha para ver quem poderia ficar com os bebês. Uma organização local de adoção chamada Guardians of the Green Mile concordou em recebê-los.

Nos dias em que foram encontrados na pilha de colchões, os filhotes já começaram a ganhar peso. Eles têm uma luz em seus olhos que não tinham há menos de uma semana.

Tudo para o seu cachorro! 🐶 Ofertas e promoções em brinquedos, rações, objetos para adestramento, camas e casinhas.  https://amzn.to/4dedKkG

Leia também:

Fonte: Tribuna de Jundiaí

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS

Copyright © 2021 powered by Tribuna de Indaiatuba.