Connect with us

Oportunidade

Torneio Nacional da FLLC: Times de robótica de SP, RJ e DF se classificam para a competição nacional

Artigo

em

Competições da FLLC seguem até fevereiro. Estudantes de 5 estados se juntam a 45 equipes para disputa nacional.

Dos 21 torneios regionais da FIRST LEGO League Challenge (FLLC) que acontecem por todo o Brasil na calendário 2023-2024 da robótica, dez já foram! O Serviço Social da Indústria (SESI), que opera a competição no país, chega à metade do calendário com 58 equipes classificadas para o torneio nacional. O torneio nacional ocorrerá de 28 de fevereiro a 2 de março em Brasília, reunindo equipes de todo o país em uma emocionante competição.

O campeonato nacional de robótica promete ser um evento incrível, reunindo as melhores equipes do Brasil em um grande espetáculo de criatividade e engenhosidade. Os participantes do campeonato terão a oportunidade de demonstrar suas habilidades em um ambiente de competição saudável e amigável, promovendo o desenvolvimento da tecnologia e engenharia no país. As equipes competidoras estão se preparando para dar o seu melhor no campeonato nacional, e a expectativa é de que o evento seja um grande sucesso para todos os envolvidos.

Competições da FLLC – Temporada 2023/2024 no Brasil

Doze times garantiram sua vaga na última semana nos regionais do Distrito Federal, Rio de Janeiro e São Paulo. Em Brasília (DF), foram 21 equipes, totalizando 153 competidores, representando cinco estados da Federação: DF, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rondônia.

— ARTIGO CONTINUA ABAIXO —


Veja também

No Rio de Janeiro, a competição na escola SESI da Tijuca contou com cerca de 300 estudantes de 26 times, sendo 20 do SESI, cinco de escolas particulares e uma de instituição pública. Já em São Paulo, 35 equipes de escolas públicas, privadas, ONGs e garagem disputaram a vaga para o torneio nacional.

A FLLC é a competição de robótica para estudantes iniciantes, em que jovens de 9 a 15 anos programam robôs de LEGO e desenvolvem soluções inovadoras para um problema real dentro da temática da temporada – que, este ano, é Masterpiece, relacionado ao mundo das artes.

Classificados para o torneio nacional da FLLC

Champion’s Award – Distrito Federal

  • 1º Elev3r, do SESI-SENAI de Vilhena (RO)
  • 2º Albatroid, da Escola SESI de Taguatinga (DF)
  • 3º Young Creators, da Escola SESI de Várzea Grande (MT)

Champion’s Award – Rio de Janeiro

  • 1º FrancoDroid, do Liceu Franco Brasileiro, no Rio de Janeiro (RJ)
  • 2º TechnoZacca, do Colégio Zacarias, no Rio de Janeiro (RJ)
  • 3º Fênix Robots, da Escola Firjan SESI de São Gonçalo (RJ)
  • RexTech, do Colégio Estadual Maria Justiniano Fernandes, em Nova Iguaçu (RJ)

Champion’s Award – São Paulo SESI – escolas públicas, privadas, ONGs e equipes de garagem

  • 1º Alta Voltagem, do Colégio Domus Sapiens, em Jundiaí (SP)
  • 2º RoboEcus, do Colégio Céus, em Osasco (SP)
  • 3º Thunderstruck, de São Caetano do Sul (SP)
  • Quark 41 Team, do Clube 14 Bis, em São José dos Campos (SP)
  • Eureka, do colégio Objetivo de Indaiatuba (SP)

Suplentes

  • Distrito Federal: Bisc8, Lego Field e Tech Vikings
  • Rio de Janeiro: Robot One, Dragon Bots e Space Bots
  • São Paulo escolas públicas, privadas, ONGs e equipes de garagem: Koelle Pandas, Elétron e Canastech Creators

Fonte: Portal da Indústria

Brasil

Toyota planeja investir R$ 11 bilhões no Brasil; iniciativa deve gerar MILHARES de empregos e elevar a economia brasileira

Artigo

em

Por

Prepare-se para uma revolução no setor automotivo brasileiro! A Toyota, uma das maiores multinacionais do mundo, acaba de anunciar um investimento colossal de R$ 11 bilhões no Brasil até 2030.

Esse movimento audacioso não só promete revitalizar a economia local como também criar 2 mil novos empregos, gerando um impacto significativo no mercado e na vida dos brasileiros.

O anúncio detalha os planos da Toyota para introduzir veículos inovadores, com um modelo previsto para lançamento já em 2025. Segundo a empresa, essa iniciativa visa consolidar sua posição no mercado brasileiro e promover a sustentabilidade, um dos pilares estratégicos da companhia.

— ARTIGO CONTINUA ABAIXO —


Veja também

Os primeiros R$ 5 bilhões do investimento total serão aplicados até 2026, focando na produção de um novo veículo compacto híbrido flex. Essa aposta reflete o compromisso da Toyota com a inovação tecnológica e a sustentabilidade, com soluções pensadas especialmente para o mercado local.

Impacto Econômico: Mais Empregos e Avanços Tecnológicos

Rafael Chang, CEO da Toyota para a América Latina e Caribe, destacou que essa expansão vai além do fortalecimento da empresa no mercado. “A expansão da produção promove uma distribuição significativa de valor para a sociedade, por meio de novos empregos e avanços econômicos,” disse Chang.

Para viabilizar essa expansão, a Toyota planeja construir novas instalações em Sorocaba, no interior de São Paulo, transferindo gradualmente as operações de Indaiatuba, também no interior paulista, a partir de 2025, com conclusão prevista para o final de 2026. Essa mudança não só aumentará a capacidade produtiva da planta como também modernizará completamente a infraestrutura existente, atendendo às novas demandas do mercado.

De acordo com a Toyota, os esforços da empresa refletem o ambiente econômico favorável criado por políticas governamentais eficazes e o compromisso contínuo da empresa em liderar a transição para veículos mais sustentáveis.

Além disso, com esses investimentos, a Toyota não só consolida sua presença no Brasil, mas também contribui para um futuro mais verde e próspero para todos.

Você acredita que os investimentos da Toyota transformar o setor automotivo brasileiro? Compartilhe sua opinião nos comentários!

Continue lendo

Oportunidade

Construção 3D: casa de concreto impressa com tecnologia avançada no Rio Grande do Sul

Artigo

em

Por

Casa de concreto impressa em 3D no RS, usando microconcreto SikaCrete® 3D. Projeto sustentável, 30% mais barato, com isolamento térmico, construído em 60h.

Uma casa de concreto inteiramente construída em 3D foi erguida no Rio Grande do Sul, utilizando-se microconcreto SikaCrete® 3D. Esse projeto inovador e sustentável envolveu uma parceria entre três empresas brasileiras, resultando em uma edificação 30% mais barata e com excelentes propriedades de isolamento térmico. A construção foi finalizada em apenas 60 horas.

Esse projeto de construção 3D, uma forma avançada de construção aditiva, destaca-se pela aplicação de microconcretos especialmente desenvolvidos para linha de microconcretos. A Sika, líder global no setor, demonstrou mais uma vez seu compromisso com a inovação e sustentabilidade. Procedimentos mais eficientes e materiais de alta qualidade foram fundamentais para o sucesso dessa obra vanguardista.

LEIA TAMBÉM

Inovações no Setor de Construção

A Sika é uma empresa especializada em produtos químicos, sendo a líder no desenvolvimento e na produção de sistemas e produtos de fixação, vedação, amortecimento, reforço e proteção no setor de construção, bem como na indústria automobilística. Possui filiais em 103 países e mais de 400 plantas pelo mundo. Com um time de mais de 33.000 colaboradores, a empresa gerou vendas anuais de CHF 10,49 bilhões em 2022. No Brasil, a companhia também detém marcas como Baucryl®, BR Massa®, Ciplak®, LigamaxGold, PortoKoll®, Quartzobrás® e Qualimassa®, oferecendo soluções completas para a obra, desde o alicerce até o acabamento.

— ARTIGO CONTINUA ABAIXO —


Veja também

Projeto de Construção 3D no Rio Grande do Sul

Localizada na zona rural de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, uma casa térrea de 80 metros quadrados foi construída. Essa residência conta com dois quartos, banheiro, sala de estar, cozinha e área de serviço. Manfredo Belohuby, Gerente Regional de Inovação e Digitalização da Sika, comentou sobre a construção: ‘A primeira construção é um sucesso. A casa foi concluída em cerca de 60 horas e não utilizou madeira, pregos ou ferragens para levantar as paredes de 4,5 metros de altura. Apenas um operário foi necessário para supervisionar a impressão’. Ele também destacou que esse método é mais rápido e econômico comparado aos métodos tradicionais de construção, promovendo economia em mão de obra, material e tempo.

Parceria e Equipamentos de Impressão 3D

A residência foi erguida por meio de uma impressora 3D específica para construção, desenvolvida pela empresa gaúcha 3D Printek, de Caxias do Sul. Essa tecnologia robótica é combinada com um sistema de controle que garante a qualidade técnica do concreto durante a impressão. A m-tec, empresa de Indaiatuba, São Paulo, forneceu o sistema de bombeamento e dosagem. A impressora para construção 3D é uma estrutura treliçada que dispõe o concreto camada por camada, economizando material e minimizando desperdícios.

Utilização de Microconcreto e Sustentabilidade

Para a construção da casa de Caxias do Sul, foram usadas cerca de 20 toneladas de concreto, tudo controlado por computador. A Sika Brasil forneceu a matéria-prima específica para a impressão, o SikaCrete® 732 3D. Este microconcreto foi desenvolvido para impressão rápida, precisa e econômica. É um pó cimentício com fibras e polímeros, monocomponente que só precisa ser misturado com água, conferindo alta resistência à compressão, alta velocidade de impressão e tempo de pega ajustável. Além disso, o processo de construção 3D é mais sustentável, reduzindo desperdícios e impacto ambiental em comparação com o bloco de concreto e tijolos tradicionais.

Vantagens da Construção 3D

Além da economia de material, não há praticamente desperdício no processo, como afirmou Manfredo Belohuby: ‘Você praticamente não tem desperdício de material, uma vez que você colocou a quantidade no equipamento, você não perde o material’. A casa de Caxias do Sul foi cerca de 30% mais barata em termos de alvenaria, comparada a uma casa do mesmo tamanho construída pelo método tradicional. Outras vantagens incluem melhor isolamento térmico e acústico e menor custo de manutenção. Além das paredes, a fundação também foi impressa com a mesma tecnologia de impressão digital. A instalação elétrica e hidráulica, bem como o acabamento, são realizados segundo as preferências do proprietário ou da construtora.

Crescimento da Tecnologia de Impressão 3D

A tecnologia de manufatura aditiva, popularmente conhecida como construção aditiva 3D, está se destacando como uma inovação transformadora na indústria da construção. Empresários e instituições estão explorando esta tecnologia para revolucionar a construção de casas, edifícios e infraestruturas diversas. Em Franca, no Estado de São Paulo, novas casas serão construídas com a mesma tecnologia. A empresa Free Form adquiriu uma impressora da 3D Printek, junto com um sistema de bombeamento e dosagem da m-tec e produtos da linha Sikacrete® 3D para construir dez casas já vendidas.

Potencial Futuro da Construção 3D

Manfredo Belohuby enxerga grande potencial na construção aditiva para habitações populares, como os projetos do Minha Casa Minha Vida, visando reduzir o déficit habitacional. Outras aplicações incluem mobiliário urbano e infraestrutura. A construção 3D oferece possibilidades infinitas, permitindo criar cômodos curvos e objetos personalizados, inviáveis com métodos tradicionais. Desde componentes menores, como mobiliário urbano, até grandes edifícios e infraestrutura civil, a tecnologia pode transformar a construção como conhecemos.

Viabilidade e Benefícios da Construção 3D

A casa de Caxias do Sul foi um exemplo das vantagens da construção aditiva: economia de mão de obra, eficiência de material, rapidez na construção e liberdade de design. Além disso, a sustentabilidade é elevada devido à redução de resíduos e menor impacto ambiental. Essas inovações prometem transformar a indústria, tornando a construção de casas mais acessível e eficiente, especialmente para construções populares e de baixa renda.

Manfredo Belohuby, Gerente Regional de Inovação e Digitalização da Sika, declarou: ‘O processo é mais ágil e barato do que métodos de construção tradicionais.’ Essa declaração resume a revolução que a construção 3D está trazendo para a indústria, com ganhos econômicos e de sustentabilidade significativos.

Fonte: [email protected]

Continue lendo

Oportunidade

Urgente! Toyota anuncia nova fábrica em Sorocaba, criando mais de 8 mil vagas de emprego e dobrando a produção de carros na região

Artigo

em

Por

Publicado em
8 de junho de 2024 às 08:42

LEIA TAMBÉM

Uma nova fábrica da Toyota em Sorocaba está prestes a ser inaugurada, com o objetivo de dobrar a produção de carros junto à atual fábrica já instalada na cidade. O presidente da Toyota no Brasil, Evandro Maggio, anunciou a novidade nesta quarta-feira (5), destacando que a nova unidade deve gerar milhares de vagas de emprego.

Este investimento significativo reflete o compromisso da Toyota com a expansão de suas operações no Brasil, impulsionando a economia local e criando oportunidades de trabalho na região. Com tecnologias de ponta e práticas de fabricação avançadas, a nova fábrica promete aumentar significativamente a capacidade produtiva da Toyota no país.

Entenda melhor o foco da nova fábrica da Toyota em Sorocaba

Segundo o executivo em entrevista a jornalistas, o projeto da nova fábrica da Toyota em Sorocaba termina em 2026. A multinacional, basicamente, visa espelhar a planta. Em números atuais, a fábrica na cidade possui capacidade para produzir 175 mil veículos por ano. Na cidade, a empresa produz carros de modelo utilitário esportivo Corolla Cross, incluindo a versão híbrida flex, além do hatch Yaris.

— ARTIGO CONTINUA ABAIXO —


Veja também

A nova fábrica da Toyota em Sorocaba, promete gerar 8 mil vagas de empregos na Toyota, na realidade é uma transferência, sendo a unidade de Indaiatuba, que será fechada e transferida para Sorocaba.

O fechamento da unidade em Indaiatuba gerou manifesto por parte dos trabalhadores da unidade, assim como do sindicato da categoria. A unidade de Indaiatuba, ou Indaiá, como é chamada, produz 76 mil veículos por ano.

Com a mudança, a nova fábrica da Toyota em Sorocaba promete gerar cerca de 8 mil vagas de emprego e as contratações por meio da plataforma de seleção própria da Toyota, deve se iniciar já no segundo semestre de 2025. Isso acontece porque a nova fábrica deve entrar em operação no primeiro semestre de 2026, quando ocorre o encerramento gradual da unidade de Indaiatuba.

Nova fábrica da Toyota em Sorocaba recebe investimentos bilionários

A Toyota anunciou no começo de março plano de investimentos de 11 bilhões de reais no Brasil até 2030. Maggio afirmou que dos 11 bilhões do plano de investimento da marca, cerca de R$ 5 bilhões serão usados na expansão da nova fábrica da Toyota em Sorocaba e transferência das operações de Indaiatuba para o complexo, além do lançamento de dois carros, sendo um compacto híbrido em 2025 e um outro veículo que virá depois que a fábrica ampliada ficar pronta em 2026.

Vale mencionar que em 2020,  a empresa tomou a mesma decisão com a unidade de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, encerrou a unidade em setembro de 2021 e mudou as operações desta planta para Sorocaba.

Basicamente todos os setores da unidade do ABC mudaram para Sorocaba, como as áreas de marketing, recursos humanos, comercial, compras, jurídica e financeira. A área construída da unidade era de 6,2 mil metros quadrados. Já o complexo que abrigava essas áreas no ABC foi vendido.

Toyota venderá unidade antiga?

Questionado sobre publicações da imprensa local em relação à eventual venda da unidade em Indaiatuba para montadoras chinesas, Maggio afirmou que não é o foco da companhia no momento, mas reconheceu que a tendência é a montadora se desfazer da unidade.

Não seria a primeira vez que um grupo asiático ficaria com uma fábrica de veículos de uma montadora estabelecida no Brasil. A Ford vendeu sua fábrica em Camaçari (BA) para a BYD e a Mercedes-Benz vendeu uma fábrica no interior de SP para a também chinesa GWM.

A fábrica da Toyota no ABC era a mais antiga do Brasil, fora do Japão, a montadora se instalou na cidade em 1962, onde produzia o icônico utilitário bandeirante, fabricado até 2001, com um pouco mais de 103 mil unidades fabricadas.

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS

Copyright © 2021 powered by Tribuna de Indaiatuba.