Connect with us

Notícias

Obra de reconstrução da ponte localizada no Distrito Industrial foi concluída

Artigo

em

  • Publicação: 17/09/2021 16:47h
  • Redator(es): Sirlene Virgílio Bueno
  • Release N.º: 1113

A reconstrução da ponte localizada na rodovia Lix da Cunha (SP-73), no Distrito Industrial, foi concluída nesta semana e o tráfego de veículos já está liberado no trecho. A ponte estava interditada desde dezembro de 2020 após sofrer danos na estrutura provocados por uma chuva forte que atingiu a cidade na época. A obra foi executada pelo Governo do Estado. A verba emergencial no valor de R$ 1,2 milhão foi viabilizada pelo deputado estadual Rogério Nogueira junto ao Governo do Estado, a pedido do prefeito Nilson Gaspar.

Os danos na ponte foram causados porque o volume da água do córrego Barnabé subiu muito por conta de chuvas intensas e causou erosão na sustentação, tornando necessária a reconstrução da mesma. Após a demolição, foi construída uma nova travessia no local, em concreto armado tabuleiro de 20 metros por 11,76 metros.

Esse trecho da SP-073 é bastante utilizado para o acesso de empresas localizadas no Distrito Industrial e também à rodovia SP-75.

O prefeito Nilson Gaspar lembrou que o deputado Rogério Nogueira também conseguiu incluir a rodovia no Programa Estrada Asfaltada, do Governo do Estado de São Paulo, cujo convênio beneficiará Indaiatuba com o recapeamento do trecho da Lix da Cunha de aproximadamente 1,8 quilômetros. “O recape será realizado entre a ponte sobre o Córrego do Barnabé, no Distrito Industrial, e a divisa com Salto. A previsão é que os serviços sejam iniciados ainda este ano”, concluiu.

Notícias relacionadas

PUBLICIDADE

Notícias

Sessões da Câmara de Vereadores de Indaiatuba começam meia hora mais cedo

Artigo

em

Por

Nós usamos cookies em nosso site. Na medida em que esses cookies não sejam estritamente necessários para a navegação em nosso site e/ou o fornecimento de nossos Serviços, solicitaremos que você concorde com o uso de cookies quando visitar o nosso site pela primeira vez.

LEIA TAMBÉM

Continue lendo

Notícias

Atividades presenciais do Projeto Gente Eficiente retornam no Centro da Pessoa com Deficiência

Artigo

em

Por

  • Publicação: 18/10/2021 16:44h
  • Redator(es): Gabriel Beccari
  • Release N.º: 1264

Mais de um ano desde o início da pandemia no Brasil, o Centro de Referência em Atenção à Pessoa com Deficiência (Centro PcD), retornou com suas atividades presenciais com os jovens e adultos do Projeto Gente Eficiente na manhã desta segunda-feira (18).

No último dia 5 de outubro foi realizada uma reunião com os pais e responsáveis dos jovens e adultos, onde foi apresentado o Protocolo de Segurança Sanitária Contra a Covid-19 para que o retorno às atividades presenciais seja segura, tanto para os jovens e adultos, quanto para os profissionais do Centro PcD, localizado na Rua da Caixa D’Aguá, 162 – Santa Cruz. Durante o último mês, foi realizada uma pesquisa com os pais e responsáveis pelos jovens e adultos para discutir o retorno do projeto presencial, os que foram favoráveis, assinaram um termo de autorização.

O retorno presencial conta com um total de 60 jovens, separados em 5 turmas diferentes, às segundas e quartas, manhãs e tardes, às terças e quintas, manhãs e tardes e às sextas, manhãs e tardes. A turma matutina entra às 8h e sai às 12h e a turma vespertina às 13h e sai às 16h. As oficinas disponíveis são: pintura em tela, bijuteria, madeira, costura e apoio pedagógico.

O objetivo do projeto é garantir a inclusão social e o exercício pleno de sua cidadania, respeitando as limitações, potencialidades e desejos.

O Centro PcD desenvolve desde 2006 o Projeto Gente Eficiente, que por meio dos cursos de Libras e Informática, Inclusão no Mercado de Trabalho, Serviço de Proteção Social Especial para Pessoas com Deficiência e suas Famílias, e diversas oficinas de lazer, artísticas, culturais e esportivas, apoio pedagógico, atendimentos individuais e em grupo. O projeto visa assegurar o desenvolvimento das habilidades e proporcionar condições melhores para a autonomia e independência da pessoa com deficiência.

Serviço – Centro PcD

Endereço: Rua da Caixa D’Água, 162 – Santa Cruz

Horário de Atendimento: 8:00 às 17:00

Telefone: (19) 3875-2816

Notícias relacionadas

Continue lendo

Notícias

Secretaria de Cultura divulga as 12 bandas finalistas do Festival de Rock Virtual 2021

Artigo

em

Por

  • Publicação: 18/10/2021 15:40h
  • Redator(es): Fábio Alexandre
  • Release N.º: 1263

As bandas DVS, Black Mapache, Cálibra, Cries for Help, Hutal, Insone, Mephysto, Panapaná, Projeto RG 10, Reggae’n Roll, Stupid e Triunfo são as finalistas do Festival de Rock Virtual de Indaiatuba 2021, promovido pela Prefeitura de Indaiatuba, por meio da Secretaria Municipal de Cultura. Todas entram em estúdio para gravação da música concorrente e os vídeos serão disponibilizados no portal Cultura Online entre os dias 29 de outubro a 7 de novembro.

No total, foram 20 bandas inscritas e 17 participações efetivadas, seguindo todas as regras estabelecidas pelo Edital de Participação do festival. Os trabalhos foram enviados para análise dos jurados, que definiram os 12 finalistas. A comissão é formada pelo guitarrista Rafael Bittencourt, do Angra; o cantor, compositor e produtor Marcelo Pompeu, da Korzus; e o guitarrista, vocalista e compositor Clemente Nascimento, um dos fundadores da banda Inocentes.

Nesta etapa eliminatória, os vídeos enviados pelos participantes foram analisados pela Comissão Julgadora, por meio dos seguintes critérios de pontuação: Interpretação (expressão musical, afinação, dicção e presença de palco), Composição (letra, estrutura poética, prosódia musical e contexto da obra) e Desempenho Musical (criatividade, arranjo, técnica e entrosamento).

Votação

Agora, as bandas entram em estúdio para gravação da música concorrente e os vídeos serão disponibilizados no portal Cultura Online (www.indaiatuba.sp.gov.br/cultura-online/) entre os dias 29 de outubro a 7 de novembro. As três bandas mais votadas pelos internautas receberão três, dois e um ponto respectivamente, que serão acrescidos à média da pontuação oferecida pela Comissão Julgadora.

A divulgação do resultado acontece dia 8 de novembro. Os prêmios serão de R$ 6 mil para o primeiro colocado, R$ 4.500 para o segundo e R$ 3.500 para o terceiro. Melhor Composição e Melhor Intérprete levam ainda R$ 2 mil cada.

A banda Stupid venceu a edição 2020 do Festival de Rock Virtual, ao ficar em primeiro lugar na votação entre os jurados e em segundo na votação popular. A segunda colocação geral ficou com a banda Mephysto, seguida pela Medo da Noite.

Jurados

Rafael Bittencourt formou-se Bacharel em Composição Musical e Regência em São Paulo, em 1996, pela Faculdade de Artes Santa Marcelina. Poucos anos antes, em 1991, fundou a mundialmente famosa Angra, uma das primeiras bandas de symphonic metal do mundo.

O primeiro álbum do Angra, Angels Cry, alcançou disco de ouro no Japão e levou a banda a uma história de sucesso pelo mundo todo, alcançando a marca de mais de um milhão de discos vendidos. Ao longo de sua carreira, seja pelo Angra ou em seu projeto solo, Rafael tem uma discografia de 24 títulos, incluindo singles, CDs, EPs e DVDs.

Marcello Pompeu iniciou sua carreira em 1982 em um festival de escola, sem pretensões profissionais, mas logo descobriu seu talento para a música. No ano seguinte, foi um dos fundadores da Korzus, banda brasileira de trash metal, considerada uma das maiores do gênero na América Latina.

Como produtor, venceu o Grammy Latino 2009 de Melhor Álbum Cristão em Língua Portuguesa, com Depois da Guerra, do Oficina G3. Com a Korzus, tocou no Rock in Rio 2011 e recebeu o Prêmio Especial Homenagem Trajetória Internacional Quatro Décadas, do Prêmio Dynamite de Música Independente.

Clemente Nascimento é guitarrista, vocalista e compositor, um dos fundadores da Inocentes, clássica banda de punk rock paulistana, nascida em 1981, e desde 2004 também assumiu um dos vocais e guitarras da Plebe Rude, clássica banda de rock de Brasília.

Em 2016, lançou seu primeiro disco solo, Clemente & A Fantástica Banda Sem Nome, pelo selo HBB e seu livro em parceria com Marcelo Rubens Paiva, intitulado Meninos em Fúria, pela Companhia das Letras.

É apresentador dos programas Estúdio Showlivre, no site Showlivre.com e na TVT (44.1 da TV Digital); o Heavy Lero, em parceria com Gastão Moreira no canal do YouTube Kazagastão; e apresenta o Filhos da Pátria na rádio Kiss FM de São Paulo.

Notícias relacionadas

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS

Copyright © 2021 powered by Tribuna de Indaiatuba.