Connect with us

Notícias

Indaiatuba vai usar plasma convalescente para tratar pacientes com covid-19

Artigo

em

Por Patrícia Lisboa

Indaiatuba vai integrar o projeto do Instituto Butantan para utilizar plasma convalescente para tratar pacientes com covid-19. Segundo a secretária municipal de Saúde, Graziela Garcia, estão sendo realizados os procedimentos jurídicos para a formalização da parceria.

LEIA TAMBÉM

As equipes da Secretaria Municipal de Saúde já passaram por treinamento com as equipes do Butantan. “Já está tudo alinhavado”, afirmou Graziela, em entrevista exclusiva ao Dropes. Mas, a data de início do uso do plasma convalescente ainda não está definida.

O plasma, que é a parte líquida do sangue, é retirado de voluntários já curados da covid-19 e aplicado no paciente infectado. Os anticorpos presentes no plasma estimulam o organismo afetado a se defender da doença, até que ele tenha tempo de reagir e montar a sua resposta imune. Segundo o Instituto Butantan, estão sendo obtidos “bons resultados”.

“A gente chama de convalescente porque é um plasma de alguém que já teve a doença. Nas 72 horas em que a outra pessoa é diagnosticada com covid-19, ela pode optar, além de tomar os medicamentos convencionais, receber o plasma, como se fosse uma transfusão. Vai pelo sangue. A gente dá um reforço nos anticorpos, para que a doença não evolua. Tem que ser em 72 horas porque o paciente que vai receber o plasma não pode ter lesão pulmonar de mais de 10%, tem todo um pré-requisito”, explica a secretária municipal de Saúde.

“Na verdade, é um reforço que a gente dá para a pessoa que está com a doença; se coloca mais anticorpos para ela poder reagir melhor à doença”, acrescenta Graziela. Segundo ela, ainda nenhum morador de Indaiatuba recebeu o tratamento com plasma convalescente.

CAPTAÇÃO

O Butantan explica que o plasma convalescente é obtido por meio de doação voluntária de plasma por meio de doação de sangue total de pessoas que já foram contaminadas pelo novo coronavírus e que, portanto, já possuem anticorpos.

Para doar, é fundamental que a pessoa tenha sido contaminada pela covid-19 pelo menos 30 dias antes do ato da doação. É preciso estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos e pesar no mínimo 50 kg.

Apenas homens podem se voluntariar para doar o plasma convalescente. Isso porque, durante a gestação, a mulher libera anticorpos na corrente sanguínea que podem causar, no paciente que recebe o plasma, uma lesão pulmonar grave associada à transfusão chamada TRALI (transfusion-related acute lung injury).

O Hemocentro da Unicamp – que realiza a Campanha de Doação de Sangue, em Indaiatuba – é um dos pontos de coleta de plasma para o Instituto Butantan.

PROJETO PILOTO

O projeto piloto da utilização de plasma convalescente em pessoas imunossuprimidas, com comorbidades, maiores de 60 anos e com diagnóstico comprovado de covid-19 é realizado em Araraquara e Santos.

“Araraquara foi um dos primeiros municípios do Estado a apresentar uma curva epidemiológica explosiva devido à variante P1 do novo coronavírus, enquanto Santos evoluiu rapidamente de uma situação de relativo controle para um crescimento preocupante no número de casos”, justifica o Butantan.

INDAIATUBA

A secretária municipal de Saúde afirma que Indaiatuba foi escolhida para integrar o projeto do Butantan com uso do plasma convalescente porque a rede municipal de saúde tem estrutura – com laboratório municipal, rede informatizada e organizada – para ser autossuficiente no futuro em relação a oferta da terapia.

Em uma rede social, sem citar que se trata do uso de plasma convalescente, mas de uma “nova terapia”, o prefeito Nilson Gaspar (MDB) escreveu que a estrutura física da rede municipal de saúde foi fundamental para que o município fosse escolhido para receber o projeto do Instituto Butantan.

Notícias

Sinfônica de Indaiatuba interpreta composição de Mozart em concerto gratuito nesta sexta-feira

Artigo

em

Por

LEIA TAMBÉM

Orquestra Sinfônica de Indaiatuba faz apresentação gratuita no CIAEI — Foto: Felipe Gomes

A Orquestra Sinfônica de Indaiatuba (SP) interpreta nesta sexta-feira (24), às 20h, a composição ‘Requiem’ de Wolfgang Amadeus Mozart. A apresentação gratuita ocorre no Centro Integrado de Apoio à Educação de Indaiatuba (CIAEI), com regência e direção do maestro Paulo de Paula.

O evento tem a participação do Coro Contemporâneo de Campinas (SP), formado por alunos de canto, instrumento, regência e composição da Unicamp. É necessário chegar ao local com antecedência, uma vez que a distribuição dos lugares é por ordem de chegada.

Requiem mozartiano

O termo ‘requiem’ é utilizado para classificar obras litúrgicas utilizadas em cerimônias de fiéis falecidos. Há várias histórias da origem do requiem mozartiano, sendo que uma delas diz que a obra é fruto de uma encomenda secreta de um viúvo aristocrata para homenagear a esposa.

Mozart estava com a saúde fragilizada e aceitou o pedido e trabalhou na composição com a assistência de seu discípulo, Franz Xaver Süssmayr. O compositor austríaco morreu antes de completar a obra, em 1791, e Süssmayr finalizou o Requiem, seguindo as diretrizes deixadas por Mozart.

A composição se tornou um dos marcos da música ocidental e, devido às circunstâncias de sua criação, muitos dizem que Mozart escreveu a obra pensando em si, uma vez que estava certo da sua morte.

  • Onde: Sala Acrísio de Camargo no CIAEI
  • Endereço: Avenida Engenheiro Fábio Roberto Barnabé, 3665 – Jardim Regina, Indaiatuba
  • Quando: sexta-feira, 24 de junho
  • Horário: 20h
  • Entrada: gratuita e por ordem de chegada

VÍDEOS: Tudo sobre Campinas e região

Continue lendo

Notícias

Prefeitura inicia obra de recapeamento de três ruas do Jardim Adriana na próxima semana

Artigo

em

Por

  • Publicação: 24/06/2022 17:51h
  • Redator(es): Sirlene Virgílio Bueno
  • Release N.º: 600

Outras 12 vias serão beneficiadas

 

A Prefeitura de Indaiatuba informa que na
próxima semana a Secretaria de Obras e Vias Públicas dará continuidade às obras
de melhorias das vias urbanas do município. Entre os dias 27 de junho e 08 de
julho os trabalhos se concentrarão na recuperação da malha asfáltica das ruas
Pedro Savian, Guilherme de Campos e Adélia Casagrande Bertolotti, todas localizadas
no Jardim Adriana. A previsão inicial é de que os serviços no bairro estejam
concluídos em 12 dias.

As ruas fazem parte de um lote de 15 vias que
somarão um investimento de R$ 1.176.499,90, sendo R$ 1.159.499,90 com verba do
Ministério de Desenvolvimento Regional proveniente de emenda parlamentar do
deputado federal Coronel Tadeu (PL).

Também serão beneficiadas as ruas Eurico
Primo Venturini; Primo José Mattioni; Marcelo B. Bernardinetti; Rua
Tupaciguara; Antônio Ulitska; Elisa A. Martins; Adélia Philomena Mattioni;
Mário Magnusson; Rua Venezuela; Rua 15 de Novembro; Rua da Convenção e Leonor
T. Barnabé/Candelária. O prazo do contrato de execução da obra é de nove meses.

No Jardim Adriana, os trabalhos serão
iniciados pela rua Pedro Savian, onde o recapeamento beneficiará toda a
extensão da via. Já nas ruas Guilherme de Campos e Adélia Casagrande Bertolotti,
as melhorias se concentrarão nas quadras entre a rua professor Oswaldo Antônio
Tuon e a avenida Engenheiro Fábio Roberto Barnabé – Marginal Esquerda.

Os condutores de veículos devem ficar atentos
porque haverá interdições parciais das vias no decorrer da obra. Por uma
questão de segurança, não será permitido o acesso e a circulação de veículos nos
trechos onde se concentrarão os trabalhos, das 7h às 17h.

O secretário de Obras, Robenilton Oliveira
Lima, o Dothe, reforça que a equipe da Secretaria estará mobilizada para atender
qualquer imprevisto durante a realização dos serviços. “Estamos atendendo ao
pedido do prefeito Nilson Gaspar para tentar minimizar o máximo possível as
adversidades que uma obra desse porte possa gerar. Trabalhar em via pública
sempre é difícil, porque causa transtorno aos cidadãos, mas é uma melhoria
necessária e que beneficiará principalmente os moradores do bairro”, completou.

Caso algum morador precise de atendimento
durante a obra, o contato com a Prefeitura pode ser feito pelo telefone 0800
770 7702, por mensagem por whatsapp (19) 9 9773-4701 ou na página do Facebook: https://www.facebook.com/prefeituradeindaiatuba/.
Os registros de intercorrências também poderão ser realizados pelo e-mail [email protected]
.

 

Notícias relacionadas

Continue lendo

Notícias

Coral da Cidade de Indaiatuba apresenta homenagem a Nabor Pires Camargo

Artigo

em

Por

  • Publicação: 24/06/2022 16:38h
  • Redator(es): Fábio Alexandre
  • Release N.º: 603

Apresentação
acontece dia 29 de junho, no Piano, com entrada franca

O Coral da Cidade de Indaiatuba apresenta na próxima
quarta-feira, 29 de junho, às 20 horas, uma homenagem ao clarinetista e
compositor Nabor Pires Camargo, autor do Hino de Indaiatuba. A apresentação
acontece no auditório do Centro Cultural Hermenegildo Pinto, o Piano, com
entrada franca e por ordem de chegada. A realização é da Prefeitura de
Indaiatuba, por meio da Secretaria Municipal de Cultura.

“O Coral da Cidade de Indaiatuba apresentará um repertório
inteiro com músicas de Nabor Pires Camargo”, comenta a regente Áurea Ambiel.
“Este projeto visa a valorização do artista Indaiatubano, assim como consolida
o trabalho da Secretaria Municipal de Cultura em manter viva a memória e a obra
do músico”.

O critério para a escolha do repertório foram peças editadas,
algo muito significativo para a época. “Dentre as peças escolhidas, várias
delas nunca foram gravadas, promovendo uma experiência única para o público”,
ressalta a regente.

A apresentação contará com a participação do professor das
oficinas culturais e violonista Geilson Brito e arranjos de Felipe Coelho,
confeccionados especialmente para este concerto. O Coral da Cidade de
Indaiatuba será acompanhado pelo Quarteto de Cordas da Orquestra Sinfônica de
Indaiatuba, formado por Jessica Benedecte, Ricardo Sander, Iriz Felippe e
Sergio Ribeiro.

No repertório da apresentação estarão Luar de Indaiatuba (letra
de Cleonice Matiolli Camargo e música de Nabor Pires
Camargo);
Vá Carregar Piano (Nabor); Espanta-Vaca (Nabor e Zé
Caipora);
Capuchinho, Lá Vem Cruzeiro e Mamãe, Me Leva (estas
últimas com letra de Dieno Castanho e música de Nabor).

Homenagem a Nabor Pires Camargo

Com: Coral da Cidade de Indaiatuba

Data: 29 de junho

Horário: 20 horas

Local: Centro Cultural Hermenegildo Pinto (Piano)

Endereço: Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 5.924 – Jd. Morada do Sol

Entrada franca e por ordem de chegada

Notícias relacionadas

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS

Copyright © 2021 powered by Tribuna de Indaiatuba.