Connect with us

Notícias

Arroz chega a custar R$ 40, e setor diz que preço deve continuar em alta

Avatar

Artigo

em

Essencial na mesa da família brasileira, o preço do arroz disparou nos supermercados brasileiros, sobretudo nas últimas semanas.

Bolsonaro pediu “patriotismo” aos supermercados. Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro pediu “patriotismo” aos supermercados para segurar os preços de itens da cesta básica.


Em resposta, a Apas (Associação Paulista de Supermercados) informou que os aumentos são “provenientes dos fornecedores de alimentos, que são provenientes de variáveis mercadológicas como maior exportação, câmbio e quebra de produção”.

Assim como outros produtos da cesta básica, como óleo de soja e feijão, a alta do arroz está ligada à valorização do dólar, que torna as exportações mais lucrativas para os produtores.

Além disso, a safra de arroz neste ano caiu, ao mesmo tempo em que a procura no país pelo produto cresceu durante a pandemia do novo coronavírus.

“Com o isolamento, as famílias passaram a consumir mais cereal, num ano de menor oferta, então o preço foi subindo”, afirmou Ivo Mello, diretor do Instituto Rio-grandense do Arroz (IRGA).

Dólar alto favorece exportações

O principal motivo da alta de preços do arroz é o dólar, de acordo com o economista Fábio Silveira, sócio-diretor da MacroSector Consultores.

“Embora o dólar tenha mostrado alguma redução nas últimas semanas, a média ainda é muito alta em relação ao ano passado”, disse.

Continue Reading
PUBLICIDADE
CLIQUE PARA COMENTAR

DEIXE UMA RESPOSTA

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2020, Todos os direitos reservados Silver Team