Connect with us

POLÍCIA

Casal de Salto suspeito de espancar bebê tem prisão preventiva decretada pela Justiça

Avatar

Artigo

em

A mãe do bebê que deu entrada com sinais de espancamento em um hospital de Salto (SP) e o marido tiveram as prisões em flagrante convertidas em preventiva pela Justiça, na  quinta-feira (5).

De acordo com a Polícia Civil, a mulher chegou a alegar ao Conselho Tutelar que o filho estava ferido porque se automutilava. A jovem de 21 anos e o companheiro, de 30, foram presos em flagrante suspeitos de maus-tratos, na quarta-feira (4).

Segundo a polícia, a mulher mudou a versão na delegacia e confirmou que as agressões ocorreram porque o bebê não parava de chorar.

O pai do menino, que costumava ficar com ele aos fins de semana, assinou um termo de responsabilidade até ser definida a guarda do paciente, que seria transferido para um hospital de Sorocaba.

A mulher foi encaminhada à penitenciária de Votorantim (SP) e o homem para Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba.

De acordo com a Polícia Civil, o Hospital Mont Serrat recebeu de manhã a criança com vários ferimentos pelo corpo. A Polícia Militar foi chamada à unidade hospitalar e abordou o casal.

Segundo a polícia, a bebê apresentava várias lesões pelo corpo, como coágulo na cabeça, corte profundo nos lábios e clavícula deslocada.

Em depoimento na Delegacia da Defesa da Mulher de Salto, a mãe disse que as agressões começaram na noite de terça-feira e terminaram pela manhã. Na sequência, os dois foram presos em flagrante.

Criança foi levada a um hospital de Salto — Foto: Antônio Ferreira/TV TEM

Com informações: Sorocaba e Jundiaí

 Foto: Antônio Ferreira

Fonte: CN

Continue Reading
PUBLICIDADE
CLIQUE PARA COMENTAR

DEIXE UMA RESPOSTA

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2020, Todos os direitos reservados Silver Team